sábado, 18 de maio de 2013

O menino com a mão para fora do túmulo


Até os dias de hoje sempre ouço uma lenda do interior de São Paulo, que muitos dizem ser verdade e quem costuma contar são pessoas com mais de 70 anos. Pois bem, eles dizem que a muito tempo uma moça teve um bebê do sexo masculino e quando ela ia amamentar o menino, ele se irritava e dava tapas em seus seios, ela ficava muito triste mais não tinha coragem de corrigir o bebê.
Então ele cresceu mais um pouco e atingiu uns três anos de idade e continuava com o mesmo hábito agressivo. Um dia o menino morreu e foi sepultado. O coveiro estava andando pelo cemitério viu a mãozinha do menino para fora do túmulo. Logo perto tinha uma igreja e ele correu para contar ao padre que disse que já tinha ouvido uma historia semelhante e sabia o que fazer. Disse pra localizar a mãe e ele assim o fez. Quando a mulher chegou, o padre perguntou se ela corrigia a criança quando ela fazia algo errado e ela disse que não nunca o corrigiu. Então ele pegou uma vara de madeira, passou água benta, e disse para ela falar que era errado bater na mãe, e dar umas varadas na mãozinha. Ela então assim fez e disse estas palavras, dando as varadas.
A mãozinha voltou pra dentro do túmulo....

Um comentário:

  1. Minha falecuda avó me contava essa historia

    ResponderExcluir